Fisioterapia

Ortopédica e Esportiva

A reabilitação ortopédica e esportiva busca o tratamento de lesões ou o restabelecimento pós-cirúrgico e inclui a reintrodução progressiva no trabalho, nas atividades diárias, no esporte, atuando na correção dos gestos específicos a função do paciente e assim, minimizando o período de afastamento e prevenindo a reincidência.

Técnicas de Tratamento:
• Terapia Manual – Maitland
• Mobilização Neural
• Bandagem Funcional
• Estabilização Segmentar
• Mulligan
• Cinesioterapia
• Eletroterapia

Neurológica

A Fisioterapia neurológica também é chamada de neurofuncional, uma vez que seu principal objetivo é o reestabelecimento da função perdida frente à desordem neurológica. Em cada paciente o fisioterapeuta neurológico deve avaliar quais são as principais dificuldades apresentadas, principalmente no que diz respeito às atividades de cuidados básicos da vida, como se lavar, se vestir, andar, cuidar da casa, desempenhar as atividades profissionais, entre outros. À partir dessa avaliação, determina-se a conduta que inclui exercícios de alongamento, fortalecimento, treino de controle de tronco, transferências, treino de marcha e equilíbrio. Algumas doenças neurológicas mais comuns atendidas nos consultórios são o AVE, a doença de Parkinson, o Alzheimer e a lesão medular, além das que acometem as crianças como a paralisia cerebral e distrofias musculares.

Nosso trabalho tem foco na qualidade de vida dos pacientes, familiares e cuidadores; orientando e acompanhado o cuidado prestado de forma a otimizar o tratamento sem sobrecarrega dos responsáveis pelo cuidado.

RPG

Trabalha o corpo através de exercícios específicos de respiração e alongamentos em cadeias musculares. Criado pelo Dr. Philippe Souchard na década de 70.

Fisioterapia para Terceira Idade

A Fisioterapia para Idosos é crescente nos dias de hoje. Com o nome de gerontologia, esta é a ciência que estuda as questões globais do envelhecimento.


A Fisioterapia em Gerontologia engloba a prevenção de doenças, promoção de qualidade de vida e de saúde, bem como a reabilitação de processos decorrentes do envelhecimento e doenças pré-existentes.


Principais áreas de atuação em idosos: quedas, equilíbrio, doenças articulares, doenças reumatológicas, memória, neurologia, doenças respiratórias, ortopedia, atividades diárias, cognição, demência, atividade física e convívio social.

Compartilhe:
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn