Em 13 de Outubro comemoramos o dia Nacional do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional, uma  data estabelecida em 9 de Janeiro de 2015 como forma de trazer maior reconhecimento sobre o papel destes profissionais perante a sociedade.

 

Como uma maneira de homenageá-los, iremos falar um pouco sobre a interação que pode ocorrer entre as duas profissões.

 

O Fisioterapeuta e o Terapeuta Ocupacional são profissionais de nível superior que tem em comum o Conselho Profissional que os regulamentam. Os dois profissionais podem atuar em queixas e patologias semelhantes, no entanto com abordagens técnicas diferentes.

 

O principal objetivo dessa parceria é trazer melhora no desempenho de funções ou atividades de vida diária de pessoas que por algum motivo passam a ter dificuldade para realizá-las, decorrente de lesão traumáticas ou não, e também de pessoas que já nasceram com alguma restrição, que pode ser de mobilidade, visual, etc.

 

O Terapeuta Ocupacional atuará em grande parte fazendo adaptações e melhorando a inserção do indivíduo em todo seu contexto social, psicológico, laborativo e de lazer, podendo desenvolver recursos diversos para isso, como as órteses, ensinando movimentos e posturas que facilitem deslocamento, etc. O fisioterapeuta entrará em cena neste processo atuando para melhorar as condições para o movimento e postura, como força, mobilidade, flexibilidade, respiração, propriocepção, atuando em todos os sistemas do indivíduo com o objetivo de melhorar sua performance para as atividades de vida diária.

 

Um trabalho amplo e muito interessante pode ser desenvolvido quando estas áreas atuam em união, aqui explanamos de forma geral, mas há infinitas possibilidades de atuação.

 

 

Parabéns Profissionais!

  
 
  

 

Ivana Oliveira de Freitas
Fisioterapeuta
CREFITO 3/188777-F 

Compartilhe:
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn