É comum ouvirmos que a tendinite é uma inflamação no tendão devido a esforços repetitivos. Mas será que é exatamente isso que ocorre? Vamos entender melhor.


A palavra Tendinite significa “inflamação do tendão”, no entanto, o que ocorre é uma inflamação no ambiente externo ao tendão, onde há presença da bainha sinovial que facilita o deslizamento tendíneo. O processo inflamatório desta estrutura é mais adequadamente chamado de tenossinovite.


A palavra Tendinopatia significa “doença do tendão”, que acontece quando o tendão já começa a apresentar alterações estruturais, como espessamentos e micro rupturas. As causas podem ser as mais diversas: overuse (sobre uso ou uso excessivo, pode-se incluir aqui os movimentos repetitivos), estresse no tendão além de suas capacidades mecânicas (movimento esportivo ou do dia a dia, como arremesar algo ou erguer algo muito pesado), alterações no posicionamento articular, que pode ser estrutural ou decorrente de má postura.

 

Outro fator que pode contribuir para a ocorrência destes processos é o envelhecimento, pois é uma fase em que o tendão perde elasticidade e fica mais suscetível a lesões. Os locais de maior ocorrência são, cotovelo, ombro, punho e tornozelo. Os sintomas podem se apresentar como inchaço local, ausência de força e dificuldade em realizar movimentos com o segmento afetado. Podem ocorrer outros sintomas, e estes podem ser confundidos com diversas patologias, por isso a importância de procurar ajuda profissional caso apareçam dores persistentes.

 

O tratamento conservador garante ótimos resultados quanto antes descoberta a causa do problema, que é identificada por meio de uma avaliação fisioterapêutica, o que também contribui para determinar qual o melhor tratamento a ser empregado para cada caso. As técnicas de tratamento são destinadas ao controle da dor, melhora do padrão funcional dos movimentos, flexibilidade, mobilidade, resistência muscular e tendínea, propriocepção, entre outros. Cabe ainda ao profissional fazer orientações sobre mudanças no estilo de vida, reeducação postural e dos movimentos adotados nas atividades de vida diária, prevenindo assim recidivas e até outras lesões.

 

 

Cuide-se! Procure um fisioterapeuta! 

 

 

Ivana Freitas
CREFITO 3/188777-F

Compartilhe:
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn