A Auriculoterapia é uma técnica da Acupuntura, que usa o pavilhão auricular para efetuar o tratamento de enfermidades físicas e mentais, aproveitando o reflexo que a aurícula exerce sobre o Sistema Nervoso Central: cada orelha tem pontos de reflexo que correspondem a todos os órgãos e funções do corpo – ao se efetuar a sensibilização desses pontos por agulhas de Acupuntura, sementes, cristais e esferas douradas ou prateadas, o cérebro recebe um impulso que desencadeia uma série de fenômenos físicos, relacionados com a área do corpo, levando à melhora dos sintomas e até mesmo à cura.



O uso da Auriculoterapia como forma de tratamento reporta-se à Antiguidade e tem apresentado difusão maior que a Acupuntura sistêmica no Oriente Médio e Europa Antiga: é histórico o relato que as mulheres do antigo Egito usavam pontos auriculares como forma de anticoncepcional, isso pelo século 2.500 a.C.



O uso da Auriculoterapia é compatível com todas as demais formas de tratamento e não apresenta efeitos colaterais, desde que o profissional faça um bom diagnóstico e que os programas de tratamento sejam bem dimensionados.

 

A Auriculoterapia usa tanto os diagnósticos clínicos como os alternativos para seus programas de tratamento, tendo destaque o “aurículo-diagnóstico”: quando um órgão ou suas funções apresentam algum distúrbio, a área auricular correspondente sofre uma alteração de pigmentação e pode apresentar manchas, vascularizações, secura ou maior secreção sebácea – são os sinais característicos da existência de desequilíbrios. Os pontos auriculares correspondentes se tornam extremamente sensíveis ao toque ou à aplicação de agulhas e sementes ou cristais.

 

A Auriculoterapia pode ser usada em todos os tipos de problemas físicos e psíquicos, abrangendo uma vasta relação de tratamentos: doenças infecciosas como gripe, disenteria, hepatite; doenças do aparelho digestivo, doenças do sistema respiratório, doenças do sistema circulatório, doenças do sistema gênito-urinário, doenças do sistema endócrino, doenças do aparelho locomotor, ginecologia, oftalmologia e dermatologia, dentre outros. Quando associamos a técnica da Terapia Auricular com a Acupuntura, obtemos a dinamização do processo de equilíbrio e cura: é possível acelerar a eliminação de efeitos colaterais de medicamentos e permite também o tratamento de pessoas idosas, caquéticas, mulheres grávidas ou durante o período menstrual.

 

Tendo como fundamento o reflexo direto sobre o cérebro e, através deste, sobre todo o organismo, ela é um método completo de terapia. Pode ser aplicada em pacientes de qualquer idade ou estado físico, a qualquer hora do dia ou da noite. As sessões podem ter a mesma duração da Acupuntura sistêmica, de 30 a 60 minutos – nunca menos de 20 minutos.


 
 
  

 

 

Paula Pereira da Silva
Acupuntura & Terapias Orientais

Compartilhe:
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn